Gerais
0

APMGF e SPP assinam protocolo de cooperação

No encerramento do 33º EN:

Após três dias de intensos trabalhos, dezenas de sessões interativas e workshop, centenas de apresentações em forma de póster e comunicações orais, com a presença de mais de um milhar de participantes, o 33º Encontro Nacional (EN) chegou ao fim. “Estamos felizes com este Encontro Nacional, com a presença enérgica de muitos jovens internos e médicos de família e de colegas de outras especialidades, que aqui vieram enriquecer o debate”, avançou Rui Nogueira, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF).

Nesta cerimónia que colocou um ponto final ao 33º EN deu-se, contudo, o pontapé de saída para um novo projeto de parceria, consubstanciado num protocolo celebrado entre a APMGF e a Sociedade Portuguesa de Pediatra (SPP). Os presidentes das duas sociedades, respetivamente Rui Nogueira e Teresa Bandeira, assinaram formalmente o protocolo no Centro de Congressos do Estoril e garantiram que estão abertas as portas para uma longa relação de construção de conhecimento em conjunto, entre duas especialidades clínicas que partilham tantos pontos de contacto e que necessitam de estar mais próximas.

Como é tradição, o presidente honorário da APMGF, Mário Moura, deixou palavras de encorajamento aos colegas mais jovens e revelou que, ao contrário de outros anos e de outros encontros, se sente mais esperançado no desenvolvimento futuro dos cuidados de saúde primários (CSP) e da Medicina Geral e Familiar: “muitas vezes venho-vos falar sobre as crises, crises económicas, sociais, ou do SNS. Mas hoje tenho alguma esperança, até porque pela primeira vez temos um governo que afirma publicamente o seu compromisso com os CSP”.

 

Veja os vídeos do 3º dia do 33º Encontro Nacional:

 

 
 

Leia Também

OPSS apela ao fim do contexto de duas velocidades nos CSP

76% das vagas ocupadas

ANEM propõe a redução fracionada de vagas nas faculdades de Medicina

Recentes

Menu