Gerais
0

APMGF lança o Grupo de Estudos da Sexualidade

Em colaboração com a Federação Ibérica de Medicina e Sexualidade:

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a sexualidade humana constitui um aspeto central na saúde do ser humano. A sua definição é complexa pelas suas múltiplas vivências e expressões. Encontra-se diretamente relacionada com a vivência do erotismo, da experiência da sensação sexual, mas também da intimidade relacional. Engloba aspetos como o sexo, a identidade de género, a orientação sexual, o erotismo, a intimidade e a reprodução. O conceito de saúde sexual é multidimensional, contemplando os aspetos psicológicos, biológicos, familiares, culturais e religiosos.

A Medicina Geral e Familiar (MGF) é uma especialidade que se baseia na abordagem holística e abrangente, numa sequência de cuidados longitudinais desde o início de vida, passando pelo desabrochar da puberdade, acompanhando a formação do casal, o início da parentalidade, até à terceira idade, fim de vida e luto. A sexualidade, como parte integrante da saúde humana, encontra-se presente em praticamente todas as fases do ciclo da vida. A componente familiar da MGF adquire especial relevo quando se constata que a maioria das famílias assenta numa díade relacional do casal e que daqui se estrutura e dinamiza com todos os elementos familiares.

Desta forma, a sexualidade revela-se uma área fundamental que deve ser abordada na consulta de MGF, como parte integrante da saúde do utente. A formação médica atual é escassa no que respeita às questões da sexualidade. As dificuldades dos profissionais de saúde face a estas questões devem-se, frequentemente, a emoções negativas dos próprios que referem incapacidade e falta de competências para gestão destas temáticas. É necessária mais formação aos médicos de família para que estes adquiram competências de comunicação e intervenção na área da conjugalidade/sexualidade.

No presente ano a APMGF criou, em estreita colaboração com a Federação Ibérica de Medicina e Sexualidade (FIMS), o Grupo de Estudos da Sexualidade. Coordenado pelas colegas Carla Veiga Rodrigues, Andreia Rodrigues Silva e Ana Filipa Vilaça, tem como objetivo a promoção da Saúde Sexual, a formação e o treino contínuo direcionado às necessidades da MGF e o desenvolvimento de projetos de investigação na área da Saúde Sexual direcionados para o âmbito dos cuidados de saúde primários (CSP).

A facilitação de apoio técnico-científico a todos os associados que o solicitem – através da criação de um canal de comunicação e entreajuda entre colegas – é um objetivo a longo prazo, para o qual contamos com a participação ativa dos associados.

Contacto do Grupo de Estudos da Sexualidade: sexualidade@apmgf.pt.

Leia Também

Workshop e livro prático colocam tema na agenda do 23º Congresso Nacional

Declaração de Boas-Vindas

Prémios reconheceram os melhores entre os melhores

Recentes

Menu