Gerais
0

Distinção recai sobre perfis locais de saúde traçados a Norte

Prémio de Inovação em Cuidados de Saúde Primários

O Prémio de Inovação em Cuidados de Saúde Primários (CSP), patrocinado pela empresa Merck Sharp & Dohme (MSD) e entregue durante a cerimónia de abertura do I Fórum de Contratualização nos Cuidados de Saúde Primários para os Profissionais, as Unidades Funcionais e os ACES, realizada no dia 22 de setembro no Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT), foi atribuído ao projeto “Perfis locais de saúde: da informação à decisão em saúde”.

Trata-se de um projeto desenvolvido pelo Departamento de Saúde Pública da Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN), que possibilitou a criação de 24 perfis locais de saúde (PLS) na Região Norte, instrumentos fundamentais para gerar estratégias e planos locais de saúde.

Estes PLS iniciaram-se em 2009 e foram atualizados já neste ano de 2015, encontrando-se disponíveis para consulta pública no site da ARSN. Entretanto, o projeto alargou-se para além das fronteiras da Região Norte, com as restantes Regiões de Saúde de Portugal Continental a trabalharem em parceria para desenvolver os seus próprios PLS, através dos respetivos Observatórios Regionais de Saúde.

Vasco Machado, do Departamento de Saúde Pública da ARSN, explicou-nos em detalhe o que está por detrás deste projeto vencedor: “sabemos que melhor informação vai produzir melhor saúde, através de uma melhor decisão. Ou seja, a decisão em saúde deve estar suportada numa base de evidência sólida. Os PLS surgiram, assim, de um forte investimento que tem vindo a ser feito pelo Departamento de Saúde Pública da ARSN num sistema de informação e comunicação que possa apoiar os processos de planeamento em saúde, de contratualização e de apoio à tomada de decisão. Normalmente, os diagnósticos de saúde da população surgem-nos através de documentos pesados, que quando se finalizavam muitas vezes continham informação já desatualizada. Com os PLS, tentámos tornar a informação acessível ao maior número possível de pessoas, sendo a mesma atualizada de forma rápida, numa dinâmica anual”.

O prémio outorgado ao Departamento de Saúde Pública da ARSN tem um valor pecuniário de 2.500€.

Leia Também

Centros de saúde de LVT vão ter consultas de Oftalmologia a partir de setembro

Debate alargado ajuda a compreender o país

Na Costa Rica debateu-se equidade e universalidade nos sistemas de saúde

Recentes

Menu