Gerais
0

Editorial por João Sequeira Carlos

Editorial
 
Quase a completar trinta anos de vida, a Associação celebra a 29.ª edição do Encontro Nacional com satisfação redobrada e um sentimento muito especial. Efetivamente, este evento é único pois marca o início de uma nova etapa na história da nossa organização.
 
A nova designação da Associação, há muito exigida pelos sócios, ultrapassa a mera alteração estatutária e induz nos médicos de família uma força catalisadora de um ciclo motivacional que irá colocar a nossa especialidade na rota do futuro.
 
A Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar sempre foi e continuará a ser uma associação de projeto, inquieta e visionária no seu trabalho em prol da qualidade dos cuidados de saúde primários. Com um novo nome mantemos firme o propósito de melhorar a saúde da população. Por este motivo o 29.º Encontro Nacional de MGF confronta os tempos difíceis que vivemos com a vontade inabalável de enfrentar a complexidade dos desafios com que a sociedade civil se depara. Não nos demitimos das responsabilidades e queremos ajudar os colegas a gerir a mudança que se exige de todos, gerando em simultâneo a confiança necessária para agir e evoluir.
 
O Encontro acontece num momento em que são discutidos temas determinantes para o desenvolvimento dos Cuidados de Saúde Primários – recursos humanos, reconfiguração dos ACES, sistemas de informação, articulação de cuidados, indicadores e reorganização das listas de utentes. O programa está organizado de forma a promover o debate em sessões agregadoras nas quais estes temas serão abordados.
 
Estamos confiantes de que a partilha de saberes e experiencias ajudará a APMGF na preparação de um conjunto de soluções para cooperar de forma construtiva no desenvolvimento permanente dos CSP. Estamos disponíveis para colaborar com a tutela e com todas as organizações médicas para criar o melhor contexto possível no sentido de dignificar a MGF, desenvolver os CSP e prestar cuidados com qualidade à população.
 
O Encontro mantém a sua identidade num cenário de inovação. Queremos que esta seja a matriz de um programa atrativo e estimulante com o qual contamos agradar a todos os colegas que participem no evento. Queremos celebrar a MGF como elemento fulcral da sustentabilidade dos sistemas de saúde e força motriz da inovação contínua da medicina de proximidade.
 
Contamos convosco. Bem-vindos a Vilamoura!
 
João Sequeira Carlos
Presidente da APMGF
 

Leia Também

Região Centro acolheu 60 futuros médicos de família

Relatório de auditoria promovida pelo Tribunal de Contas apresenta graves incorreções

Um arranque auspicioso

Recentes

Menu