Gerais
0

Interno português premiado com bolsa para participar na WONCA

Fundo do Movimento Vasco da Gama

O Movimento Vasco da Gama (MVdG) atribuiu este ano, pela primeira vez, uma bolsa dirigida aos internos da especialidade e jovens médicos de família residentes na Europa para participar na conferência mundial da WONCA, realizada em Praga, entre 25 e 29 do passado mês de Junho. Luís Pinho Costa, interno do 1º ano do Internato Complementar de MGF na unidade de saúde familiar de Fânzeres, foi um dos seis premiados.
 
A bolsa, que provém do Fundo do Movimento Vasco da Gama, “surgiu pela primeira vez este ano em consequência das iniquidades económicas a nível europeu, visando aliviar as pressões económicas que recaem sobre os internos/jovens especialistas e que dificultam a sua participação em eventos como a Conferência Mundial da WONCA, nas quais os custos da inscrição se somam a despesas avultadas de transporte e alojamento”. De acordo com Luís Pinho Costa, “o Fundo é monetário e permite o reembolso dessas despesas, após envio dos comprovativos e a elaboração de um relatório”. O teto de reembolso definido para a edição de 2013 foi de 800 euros.

     

O processo de candidatura “implicou o preenchimento de Formulário de Aplicação e obtenção de Carta de Recomendação”. Este ano, o prazo de submissão das candidaturas terminou a 31 de janeiro. Os vencedores foram anunciados um mês depois.

Luís Pinho Costa refere que iniciou em janeiro deste ano a especialização em MGF e não estava, de todo, nos seus planos participar na Conferência Mundial de Praga.
 
“A atribuição desta bolsa abriu essa oportunidade e permitiu-me participar na Conferência e Pré-Conferência do Movimento Vasco da Gama, eventos que certamente pautarão o resto do meu percurso como interno. As inúmeras sessões e workshops de enorme qualidade e utilidade, os discursos inspiradores do Dr. Richard Roberts e Dr. Michael Kidd (e tantos outros), o conhecimento mais aprofundado acerca do Movimento Vasco da Gama (e seus homólogos em outras áreas do globo) a partilha de experiências, ideias e visões com colegas dos mais diversos contextos a nível internacional, contribuiu decisivamente para o enriquecimento das minhas perspetivas e horizontes, assim como para a expansão da minha rede de contactos”.
 
Perante a riqueza desta experiência, “não me restam quaisquer dúvidas do mérito e imprescindibilidade da existência de um Fundo como este”, patrocinado por instituições como a Associação Suíça de Internos de Jovens Especialistas em MGF (JhaS) e a Associação Suíça de Medicina Geral (SGAM).

     

“Porque é em momentos de crise que a solidariedade mais se revela necessária, espero que este meu testemunho permita reforçar as próximas edições deste Fundo”. Tendo em conta que em 2014 Lisboa será o palco da Pré-Conferência do Movimento Vasco da Gama e Conferência Europeia da WONCA, Luís Pinho Costa deixa um apelo “ao contributo das instituições portuguesas, nomeadamente da APMGF e do Colégio de Medicina Geral e Familiar da Ordem dos Médicos, assim como de outras instituições que julguem meritória a concretização do sonho de alguns internos/jovens especialistas em participar e enriquecer os eventos que tão honrosamente vamos organizar”.

Leia Também

Tiago Maricoto abordou Saúde Escolar

Datas para avaliações da cobertura vacinal já foram definidas

Sócios da APMGF contam com condições especiais de inscrição

Recentes

Menu