GeraisSNS
0

Médicos aposentados que regressam ao SNS podem escapar aos cortes

Orçamento retificativo aprovado em Conselho de Ministros:

De acordo com informações veiculadas à imprensa por fonte governamental, o orçamento retificativo aprovado ontem (26 de agosto) em Conselho de Ministros contempla um regime excecional para os médicos aposentados que venham a ser contratados de novo pelo Estado para colmatar carências no seio do SNS, os quais manterão a pensão na íntegra e poderão receber ainda um acréscimo de vencimento até um limite de um terço da remuneração-base correspondente à categoria, índice e escalão que tinham à data da reforma.

Assim, estes profissionais deverão constituir caso único na máquina do Estado, uma vez que existem orientações expressas por parte do Ministério das Finanças – a cumprir à risca – para que todos os ministérios consolidem cortes até ao fecho de 2014.

Leia Também

Mais de um terço dos portugueses com idade igual ou superior a 65 anos já foi vacinado

Direção da APMGF aprova quatro coordenações e promove consenso para encontrar outras quatro

Ordem dos Médicos vai avançar com orientações de boas práticas

Recentes

Menu