GeraisSNS
0

Médicos aposentados que regressam ao SNS podem escapar aos cortes

Orçamento retificativo aprovado em Conselho de Ministros:

De acordo com informações veiculadas à imprensa por fonte governamental, o orçamento retificativo aprovado ontem (26 de agosto) em Conselho de Ministros contempla um regime excecional para os médicos aposentados que venham a ser contratados de novo pelo Estado para colmatar carências no seio do SNS, os quais manterão a pensão na íntegra e poderão receber ainda um acréscimo de vencimento até um limite de um terço da remuneração-base correspondente à categoria, índice e escalão que tinham à data da reforma.

Assim, estes profissionais deverão constituir caso único na máquina do Estado, uma vez que existem orientações expressas por parte do Ministério das Finanças – a cumprir à risca – para que todos os ministérios consolidem cortes até ao fecho de 2014.

Leia Também

Gerir o stress e evitar o burnout… com inteligência emocional

Aposta nos CSP não se pode resumir a palavras de ocasião

Mudança nas Políticas de Saúde

APMGF defende que com ou sem Direção Executiva do SNS é inadiável uma mudança de fundo nas políticas de Saúde

Recentes

Menu