Gerais
0

Nuno Basílio e Cristiano Figueiredo recebem Prémios Junior Researcher Award e Hippokrates

Portugueses na WONCA Europa

Os médicos internos de MGF Nuno Basílio e Cristiano Figueiredo estiveram em pleno destaque no encerramento da 21ª Conferência Europeia da WONCA, em Copenhaga, ao receberem dois dos principais prémios atribuídos pelo Movimento Vasco da Gama (MVdG), o grupo de internos e jovens médicos de família da WONCA Europa.

Assim, a Nuno Basílio foi atribuído o Prémio Junior Researcher Award 2016, pelo trabalho de investigação “Expetativa de vida e de cuidados na população idosa – um estudo qualitativo”, do qual é o investigador principal e que está ser desenvolvido por um grupo de oito médicos integrados nos ACeS de Cascais e de Lisboa Ocidental/Oeiras. Trata-se de um estudo observacional e qualitativo, cujo objetivo é abordar as ideias da população idosa sobre a sua condição pessoal e familiar – e/ou como doentes nesta fase da vida – explorando as suas expetativas em relação a si próprios e aos cuidados que idealizam por parte dos diversos círculos em que se enquadram, nomeadamente família e profissionais de saúde.

Os méritos do trabalho deste jovem médico português acabaram por ser valorizados pelo júri, relativamente aos projetos dos outros finalistas, Persijn Honkoop (Holanda) e Carol Sinnott (Irlanda).

Já Cristiano Figueiredo recebeu o Prémio Hippokrates pelo melhor intercâmbio em MGF realizado no ano de 2015. O intercâmbio agora distinguido foi realizado pelo médico interno da Unidade de Saúde Familiar – USF – Ribeirinha (Barreiro) em Stockwell, no distrito administrativo de Lambeth, a sul de Londres. Durante duas semanas, para além de acompanhar a rotina diária de uma practice e de um clínico geral britânico, de visitar instituições com trabalho meritório na área da saúde (em particular uma clínica de assistência na saúde a refugiados), Cristiano Figueiredo teve ainda a oportunidade de ouro de participar num projeto inovador, o Portuguese Community Engagement Project. A ideia fundamental: dar início a uma plataforma de trabalho que possa perdurar no tempo e que contribua para uma melhor comunicação entre profissionais de saúde locais e a comunidade lusófona que reside na região.

Leia Também

Projeto de investigação português entre os premiados

Orientadores de formação passam também a ter a sua hora para diálogo e análise

SemFYC e APMGF alinham estratégias

Recentes

Menu