Gerais
0

Organização acelerou o passo!

Na rampa de lançamento para a WONCA Europa 2014

Na semana que antecedeu o grande evento que marca a agenda da Medicina Geral e Familiar portuguesa e internacional, em 2014, membros da Comissão Organizadora, Comissão Científica e International Advisory Board do 19º Congresso Europeu da WONCA juntaram-se ao staff da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar e demais parceiros externos envolvidos na preparação da iniciativa, para acertar os últimos detalhes de uma iniciativa que tem todas as condições para se tornar histórica. A jornada começou bem cedo, com uma caminhada que antecipou o percurso desenhado para um dos workshop mais aguardados do congresso, precisamente o que ajudará os médicos de família a prescrever exercício aos seus doentes. Apesar do cansaço (e da destemperada chuva) não houve desistências e todos cruzaram a meta. Um bom augúrio para a “corrida de fundo”.

Logo pelas 07h30 da manhã, os participantes da reunião preparatória do 19º Congresso Europeu da WONCA e Pré-conferência do Movimento Vasco da Gama (VdGM) já se reuniam à porta do Centro de Congressos de Lisboa, para iniciar uma corrida/caminhada que os levaria até à Fundação Champalimaud, passando por alguns dos ex-libris marcantes da capital portuguesa. Na essência, o mesmo trajeto que será realizado durante o workshop que está programado para o dia 4 de julho e que pretende ajudar os médicos de família a aperfeiçoarem a prescrição de exercício para os seus doentes.


     


Esta foi apenas uma das atividades delineadas para esta jornada de trabalho, que incluiu ainda reuniões onde os elementos das diversas comissões, os membros do staff da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) e representantes de entidades parceiras puderam realizar um balanco das atividades desenvolvidas antes do arranque do evento e definir questões em aberto, relacionadas quer com o programa científico e social, quer com matérias de natureza logística.

Um congresso transcultural em perspetiva

Foi sempre uma das metas da organização do 19º Congresso Europeu da WONCA concretizar um evento científico que extravasasse as fronteiras do Velho Continente e ganhasse uma dimensão global, fazendo jus ao lema “Novos Rumos para a Medicina Geral e Familiar”. Os dados estatísticos referentes às inscrições no congresso, revelados nesta reunião preparatória mostraram isso mesmo: cerca de 3500 participantes, oriundos de 73 países. Uma capacidade de atração que já não se via num congresso europeu da WONCA desde a edição de 2007, realizada em Paris. E muitos destes congressistas partem de países que quase nunca figuram na lista de nacionalidades presentes em conferências da WONCA Europa. Assim, Lisboa receberá, por exemplo, participantes vindo do Japão, da Coreia do Sul, da Jordânia, do Líbano ou da China, para além de todos os outros que chegam de regiões mais tradicionais e expectáveis. Muitos destes congressistas contribuem ativamente para o sucesso da iniciativa, através da apresentação de comunicações orais ou de posters (estes últimos ultrapassam a fasquia de um milhar).

“Está comprovado que a WONCA Europa não é somente um congresso europeu, mas sim um congresso de amplitude mundial ao serviço da Medicina Geral e Familiar”, sumariou durante esta reunião de trabalho o presidente do 19º Congresso Europeu da WONCA e da APMGF, João Sequeira Carlos.

Leia Também

Margaret Chan vê médico de família como elemento central dos sistemas de saúde

Acta Médica Portuguesa reforça reconhecimento

Formação é intensiva mas… vale a pena!

Recentes

Menu