Gerais
0

Pedro Jóia encerrará o 33º Encontro Nacional

Já está confirmado:

O músico e guitarrista Pedro Jóia vai estar presente no encerramento do 33º Encontro Nacional, no próximo dia 5 de março, no Centro de Congressos do Estoril. Em perspetiva um momento cultural e lúdico que encerrará com chave de ouro o evento.

Pedro Jóia começou a tocar guitarra aos sete anos. Aos catorze entrou para o Conservatório Nacional de Música e dois anos mais tarde começou os seus estudos de Flamenco com Paco Peña, Gerardo Nuñez e Manolo Sanlúcar com quem seguiria os estudos durante os nove anos seguintes. Entretanto, inicia a sua atividade profissional (com dezanove anos), tocando como solista e com diferentes formações na Europa, Ásia, América do Sul e África.

Compõe regularmente para teatro e cinema e editou cinco CDs em nome próprio. Entre 1997 e 2003 leciona na Universidade de Évora. Nos quatro anos seguintes vive no Brasil onde toca regularmente com Ney Matogrosso, Yamandú Costa e Gilberto Gil entre muitos outros. Em 2008, recebe o prémio “Carlos Paredes” pelo seu álbum “À espera de Armandinho”.

Em 2011, começa uma estreita colaboração com os mais promissores nomes do novo Fado, como Raquel Tavares e Ricardo Ribeiro, procurando novas abordagens musicais para o Fado Tradicional. Desde 2012, integra o grupo da cantora Mariza, combinando esta atividade com os seus projetos pessoais.

Leia Também

Fórum Médico reuniu parceiros do setor para debater dimensão das listas dos MF

Rastreio do cancro da mama está longe de ser consensual

WONCANews, Volume 38, n.º 7, Novembro 2012

Recentes

Menu