Gerais
0

WONCA Europa clarifica posição acerca de sobre-diagnóstico

Documento tornado público

O Conselho Europeu da WONCA (organização que congrega internacionalmente os médicos de família e internos da especialidade) produziu, após reunião realizada neste mês de junho, uma declaração de posição centrada no sobre-diagnóstico e ações a desenvolver neste contexto. O documento em causa reconhece que o sobre-diagnóstico “diminui a qualidade dos cuidados de saúde, coloca os doentes em perigo, aumenta as perceções de incapacidade entre os pacientes e compromete a saúde pública. De forma a cumprirem o seu papel profissional como «gatekeepers» e coordenadores da utilização de serviços de saúde por parte dos cidadãos, os médicos de família são desde já encorajados a reconhecer e minimizar os efeitos do sobre-diagnóstico”.

Consulte na íntegra a declaração de posição centrada no sobre-diagnóstico e ações a desenvolver.

Leia Também

Lançado o Programa Nacional de Educação para a Saúde, Literacia e Autocuidados

Inicia-se um novo percurso profissional para centenas de jovens médicos

Professor Gentil Martins agraciado pelo Ministério da Saúde

Recentes

Menu