Gerais
0

APMGF associa-se a campanha global para dar a conhecer a neuropatia

«Escute o seu corpo»

«Escute
o seu corpo» é o mote de uma campanha global que chega agora a
Portugal para dar a conhecer os sintomas da neuropatia, uma doença
claramente subdiagnosticada. Lançada com o apoio da Associação
Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), a campanha
apresenta-se com uma mensagem simples que aponta, de uma forma clara
e direta, para as principais manifestações da neuropatia: a perda
de sensibilidade, o formigueiro e o ardor, sintomas que afetam
sobretudo o sistema nervoso periférico.

Como
explica Jorge Brandão, especialista de Medicina Geral e Familiar e
vice-presidente da APMGF, “a neuropatia corresponde a um quadro de
lesões nos nervos motores, sensoriais e/ou autónomos que afetam
diferentes fibras nervosas. Ocorre quando há lesão no sistema
nervoso periférico, como nos nervos dos braços e das pernas, o que
conduz a um quadro sintomático desconfortável e perturbador da
qualidade de vida dos doentes”. A neuropatia é uma doença cuja
prevalência aponta para cerca de 8% da população em geral, mas a
frequência pode ultrapassar os 50% em idosos, diabéticos e
alcoólicos. “Sabe-se que 50% das pessoas podem estar em risco de
desenvolver neuropatia com o passar dos anos e 1 em cada 3 pessoas
poderá evoluir para um quadro debilitante. É importante que as
pessoas, em especial os grupos de risco, reconheçam os sintomas e
procurem identificá-los junto do seu médico, de modo a travar ou
controlar a doença”, esclarece Jorge Brandão.

Com
vista a promover um maior conhecimento da doença e a sensibilização
da sociedade em geral, esta é uma campanha que tem como suporte a
plataforma www.escuteoseucorpo.pt,
um espaço que dá a conhecer os sintomas, os grupos de risco e as
razões que suportam a necessidade de promover o diagnóstico
precoce. «Escute o seu corpo» é uma campanha global lançada pela
Merck S.A. um pouco em todo o mundo. Muitas são as figuras públicas,
as sociedades médicas e científicas e até grupos de doentes que se
têm associado a esta causa, cuja meta essencial passa por chamar a
atenção para uma doença que, apesar de ser muito comum,
encontra-se subdiagnosticada. As mensagens são simples e diretas e
incidem sobretudo nos sintomas, grupos de risco e prevenção.

Em
Portugal, a campanha reúne toda a informação em
www.escuteoseucorpo.pt e
conta com a atriz Rita Blanco como embaixadora.

Leia Também

“A Medicina sempre esteve baseada nos casos que observamos”

Trabalho sobre doentes com sintomas somatoformes revela importância de não iatrogenizar

Três quartos das USF estão descontentes com atuação do Ministério da Saúde

Recentes

Menu