Gerais
0

Competências para lidar melhor com a sexualidade do casal idoso

Temática importante abordada em workshop do 22º CN:

No dia 27 de setembro, pelas 14h00, arrancará nas Caldas da Rainha e integrado no 22º Congresso Nacional de MGF o workshop «”Sexualidade do casal idoso», promovido pelo Grupo de Estudos da Sexualidade (GESEX) da APMGF. O número de vagas é limitado e a inscrição prévia é obrigatória, pelo que deve apressar-se e reservar o seu lugar, através da plataforma de inscrições do evento.

Segundo Beatriz Figueiredo (médica interna da USF das Conchas – ACeS Lisboa Norte), uma das dinamizadoras da formação e membro do GESEX, “é fundamental entender as expetativas do padrão de sexualidade e conjugalidade do doente ou do casal idoso. A sexualidade no idoso é uma forma de reforçar a funcionalidade física, auto-estima e identidade. A sexualidade poderá constituir um meio do idoso expressar amor, afeto, admiração e lealdade e a sua intimidade pode ser assexuada sem existir disfunção ou descontentamento”. Porém, Beatriz Figueiredo não tem dúvidas de que “a procura de ajuda profissional, pela pessoa idosa, para resolver problemas relacionados com a sexualidade é frequentemente inibida por constrangimento, receio dos juízos de valor ou por diversos estereótipos e a maioria dos profissionais de saúde considera difícil abordar esta temática na consulta, quer por insegurança, quer por falta de tempo”.

Assim, o GESEX “escolheu desenvolver esta temática para fornecer ferramentas de identificação de barreiras na abordagem, diagnóstico, intervenção e orientação dos principais problemas ligados à sexualidade do casal idoso. Pretendemos, ainda, definir o papel do médico de família no âmbito da sexualidade no casal idoso e compreender o impacto do envelhecimento na vivência da sexualidade. Este workshop será importante para explorar os desafios da sexualidade no casal idoso e preparar os médicos de família para a nova geração de idosos, que dentro de 15 a 20 anos estará mais focada no prazer e na performance”, explica a médica interna da USF das Conchas.

Leia Também

Gilead Sciences lança em parceria com a APMGF materiais informativos

Lei define prazo máximo de 30 dias na abertura de concursos para recém-especialistas

APMGF e SPMI colaboram em múltiplas áreas em benefício do doente

Recentes

Menu