Gerais
0

Marta Temido é a nova ministra da Saúde

Após remodelação governamental

No âmbito da maior remodelação governamental feita pelo primeiro-ministro António Costa até à data, Adalberto Campos Fernandes deixa de ser ministro da saúde, sendo substituído por Marta Temido. Marta Temido foi, entre 2016 e 2017, presidente do conselho diretivo da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS). Exercia antes da nomeação os cargos de subdiretora do conselho de gestão do Instituto de Higiene e Medicina Tropical e de presidente não executiva do conselho de administração do Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa.

Marta Alexandra Fartura Braga Temido de Almeida Simões nasceu em Coimbra em 1974, é doutorada em Saúde Internacional pelo Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa, detendo um mestrado em Gestão e Economia da Saúde, pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Licenciatura em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.

Leia Também

“A investigação não pode ser considerada supérflua”

Doze workshops, um curso intensivo e mais de 350 participantes

Ministro considera proposta de nova métrica um “trabalho sério” mas não se compromete com datas para implementação inicial

Recentes

Menu