Gerais
0

Alentejo conta com mais quatro profissionais empenhados

Receção aos internos do 1º ano de MGF

No dia 3 de janeiro realizou-se a receção a quatro novos internos do 1º ano do internato de Medicina Geral e Familiar (MGF) na Região do Alentejo, sessão que teve lugar na sede da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo. Em Julho de 2018 tinham sido já colocados sete internos da especialidade na região. Três dos jovens que agora começaram a sua formação pós-graduada foram colocados no ACeS Alentejo Central e um na Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano.

Estes jovens entram neste novo período do seu percurso profissional com expectativas de boas condições para realizarem um bom internato e “parecem motivados para abraçar esta disciplina de MGF”, garante o coordenador do internato de MGF na região, Arquimínio Eliseu, para quem dois dos principais desafios que se colocam à formação pós-graduada em MGF no Alentejo são “a renovação do quadro de orientadores, tendo em conta que muitos dos atuais poderão sair dentro de dois a quatro anos” e a “falta de recursos humanos, principalmente para a formação em sala”.

Arquimínio Eliseu crê que estes colegas poderão, uma vez concluído o seu internato, permanecer nas unidades alentejanas, contribuindo desta forma para o rejuvenescimento dos quadros da ARS do Alentejo: “dentro de poucos anos haverá renovação do quadro médico e por isso alguns destes internos poderão cá ficar. Alguns até já vêm de outras zonas de origem, bem afastadas do Alentejo. E se ficarem agradados com as condições de trabalho e se houver abertura de concursos poderão, de facto, fixarem-se na Região”.

Leia Também

Cristiano Figueiredo distinguido pelo MVdG

Portugueses instigados pela pandemia alteram hábitos tabágicos, alimentares e de exercício

Bastonário alerta para pressão excessiva dos indicadores

Recentes

Menu