Gerais
0

Ministra da saúde afirma que fator humano é mais importante do que a tecnologia

No fecho da eHealth Summit 2019

“O setor da saúde é dos que mais beneficiam da introdução de inovação, que permitiu alterar a história natural de tantas doenças, como fazer chegar, pela tecnologia, cuidados de saúde a lugares distantes. Hoje, surpreendemo-nos com o potencial da robótica, da inteligência artificial ou das plataformas digitais como, há algumas décadas, com o da ecografia ou da TAC. Mas o que liga, sempre ligou e ligará todas estas décadas de inovação, serão sempre as pessoas”. A afirmação é de Marta Temido e foi realizado no encerramento da eHealth Summit 2019, iniciativa promovida pela Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

A 3ª edição da Portugal eHealth Summit realizou-se entre 19 e 22 de março, no Altice Arena e PT Meeting Center (Lisboa), com exposições técnicas, conferências, mesas-redondas e workshops, focando-se em áreas como a robótica e domótica em saúde, o eProcurement e eBilling, a biotecnologia, a inteligência artificial aplicada à saúde, a privacidade e segurança eletrónica, a tele-saúde ou os serviços de saúde digital de valor acrescentado. Nesta edição estiveram envolvidas não só dezenas de organizações empresariais e institutos públicos nacionais e internacionais, mas também grupos de cidadania, associações sócio-profissionais e escolas.

Leia Também

Prof.ª Isabel dos Santos fala sobre investigação em MGF

Defesa da revogação da Portaria 112/2014 (de 23 de maio) – Cuidados de Saúde Primários do Trabalho

Workshop e livro prático colocam tema na agenda do 23º Congresso Nacional

Recentes

Menu