Gerais
0

APMGF e SPMI reúnem-se com Secretária de Estado da Saúde

Gestão da Doença Aguda

A Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) e a Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) estiveram reunidas com a secretária de Estado da Saúde, Raquel Duarte, para debater novas estratégias nacionais com vista a otimizar a gestão da doença aguda, um problema que anualmente sobrecarrega o sistema de saúde português e, em particular, os serviços de urgência.

Para além da governante, estiveram presentes neste encontro, da parte do Ministério da Saúde, a adjunta do gabinete da secretária de Estado da Saúde, Ana Santos, Adelina Pereira (membro do grupo de trabalho do MS criado para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamento dos serviços de urgência e internista da Unidade Local de Saúde de Matosinhos) e Diogo Cruz (sub-diretor geral da saúde e membro do já referido grupo de trabalho).

Em representação da APMGF marcaram presença o vice-presidente desta organização (Nelson Rodrigues) e o médico de família João Ramires, enquanto que a SPMI se fez representar pelo seu presidente (João Araújo Correia) e pelo vice-presidente Luís Duarte Costa.

As duas sociedades científicas tiveram a possibilidade de expor os seus pontos de vista sobre as melhores formas de reorganizar os serviços de urgência hospitalar, o atendimento da doença aguda grave e não grave e a interligação que deve existir entre níveis de prestação de cuidados. Refira-se, ainda, que a secretária de Estado da Saúde solicitou às duas sociedades que preparassem um documento sobre as características do doente crónico que deve ser seguido nos hospitais.

Leia Também

Miguel Guimarães evoca o papel dos especialistas de MGF na evolução do sistema de saúde

Não perca workshops e cursos que fazem a diferença!

Marta Temido anuncia universalização do modelo USF e revisão do seu modelo remuneratório

Recentes

Menu