Gerais
0

Ler + dá Saúde relançado para apoiar unidades dos CSP na promoção da leitura

No CS de Oeiras

O Programa Ler + dá Saúde foi relançado publicamente em cerimónia realizada no Centro de Saúde de Oeiras. Presentes estiveram o diretor executivo do ACeS Lisboa Ocidental e Oeiras, Rafic Nordin e a comissária do Plano Nacional de Leitura 2027, Teresa Calçada. A apresentação do Programa Ler + dá Saúde foi realizada, em nome dos parceiros, por Elsa Conde e Alexandra Marques, tendo ainda sido ouvido um testemunho sobre a relevância do programa por parte do médico de família Rizério Salgado. O ato simbólico da oferta de livros foi concretizado por Vasco Teixeira (administrador da Porto Editora) e no fecho da iniciativa a contadora Elsa Serra presenteou todos com uma história.

De acordo com Teresa
Calçada, coordenadora do Plano Nacional de Leitura, é muito importante
poder contar com o apoio dos médicos de MGF na execução do projeto
Ler + dá Saúde, salientando o suporte imprescindível da APMGF. O médico
Rizério Salgado falou sobre a sua rica experiência durante a primeira
edição do programa, exaltando a sua mais valia para o suporte e melhoria
da relação médico-doente. Já as coordenadoras das três USF do Centro de Saúde de Oeiras receberam as
primeiras caixas de livros destinadas à interação com as crianças, por
parte de médicos e de enfermeiros.

O Programa Ler + dá Saúde (parceria entre a Direção-Geral de Saúde, Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, Escola Superior de Enfermagem de Lisboa e Fundação Aga Khan, com o patrocínio da Porto Editora), tem por principal objetivo promover a literacia e a saúde dos mais jovens através do aconselhamento, por médicos e enfermeiros, da leitura em família e da sua prática regular com as crianças entre os 0 e os 6 anos, entendendo esta prática como fundamental a um crescimento saudável e integral.

As unidades de saúde que aderirem a este programa de promoção da literacia emergente e familiar recebem uma caixa com livros infantis adequados a cada um dos níveis etários, brochuras dirigidas aos profissionais de saúde sobre o aconselhamento da leitura em família e desdobráveis para os pais, com indicações práticas para a leitura com as crianças.

Para integrarem o programa, as unidades de saúde interessadas devem proceder ao registo e ao preenchimento do respetivo formulário em: http://pnl2027.gov.pt/np4/formularios.html.

Leia Também

“A atualização dos profissionais de saúde em SBV-DAE é fundamental”

WONCA e OMS assinam memorando de entendimento

Desprescrição no idoso é complexa e exige competências

Recentes

Menu