Gerais
0

Curso on-line gratuito para sócios da APMGF disponível em breve

Investigação em CSP

O EGPRN (European Research Practice Research Network), grupo da WONCA dedicado à investigação em Medicina Geral e Familiar, lançou recentemente o curso online International Web-based Course on Research in Primary Health Care”. Os objetivos do curso incluem a definição de uma pergunta de investigação, a revisão dos conceitos básicos de pesquisa bibliográfica e métodos de análise estatística, o desenvolvimento de protocolos de investigação e preparação de candidaturas a financiamento de projetos e gestão de bases de dados e métodos básicos de análise estatística.

Desenhado especificamente para médicos de Medicina Geral e Familiar, este curso consiste em 25 módulos online, cada um consistindo numa apresentação de 15-25 minutos, seguida de um breve teste para avaliação dos conhecimentos. Como membro institucional do EGPRN, a APMGF proporciona a participação gratuita nos módulos online aos seus sócios, proporcionando-lhe assim um recurso para iniciar ou aprofundar as suas competências e interesses em investigação em cuidados primários. Os módulos poderão ser acedidos gratuitamente em breve, a partir de link que será disponibilizado na área desta página reservada aos sócios.

Os participantes que desejem obter um certificado de formação, deverão apresentar a sua proposta de projeto de investigação numa das conferências semestrais do EGPRN, que decorrem nos meses de Maio e Outubro de cada ano. Os custos de inscrição nas conferências do EGPRN são da responsabilidade do participante. No entanto, os participantes do curso “International Web-based Course on Research in Primary Health Care” beneficiam de uma redução no valor da mesma (100 euros). Mais informações estão disponíveis no site do curso International Web-based Course on Research in Primary Health Care.

“O curso surgiu como resposta a uma necessidade expressa pelos jovens médicos de família europeus, que frequentemente nos referiram a disparidade de oferta de oportunidades de formação nesta área entre países e, por vezes, mesmo entre diferentes áreas de um mesmo país. Ultimamente, a nosso objetivo foi contribuir para uma redução destas desigualdades em termos de oportunidades de formação”, explica Ana Luísa Neves, membro do executive board do EGPRN e representante da APMGF naquele grupo.

Ainda de acordo com Ana Luísa Neves, o curso foi concebido como um “recurso online, gratuito, que pudesse ser utilizado pelos membros das várias organizações nacionais e lhes proporcionasse os conhecimentos e princípios básicos para iniciar os seus próprios projetos de investigação. Os participantes podem navegar os vários módulos ao seu próprio ritmo, conforme a sua disponibilidade – o que representa uma vantagem nas carreiras exigentes quer de internos em formação, quer de especialistas de MGF. Se assim optarem, poderão ainda apresentar o seu protocolo de investigação num dos encontros do EGPRN, onde poderão ter feedback de mentores sobre a melhor forma de proceder à sua implementação”.

Leia Também

Mais de 40 «sentinelas» debatem vigilância sanitária em Coimbra

APMGF e ACSS promovem fórum com parceiros do setor para discutir nova métrica

ARSLVT recebe 173 novos “bravos” que vão estrear programa de formação

Recentes

Menu