Gerais
0

“Olhe Pelas Suas Costas” vai estar nas ruas

Durante o mês de outubro

A campanha “Olhe Pelas Suas Costas”, no decorrer de outubro (mês em que se celebra o Dia Mundial da Coluna Vertebral – 16 de outubro), irá desenvolver várias ações de comunicação com vista a sensibilizar a população portuguesa para as dores nas costas. A mensagem principal é alertar para que sinais estar atento, duma forma simplificada e inteligível. A campanha em causa é uma parceria entre a Sociedade Portuguesa de Neurocirurgia, Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia, Sociedade Portuguesa para o Estudo da Dor, Sociedade Portuguesa de Patologia da Coluna Vertebral, Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar e Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação, com o patrocínio da Medtronic Portugal, Lda.

Os materiais de divulgação estão bem visíveis em espaços públicos, nomeadamente em mupis das Câmaras Municipais de Lisboa e Porto, através de folhetos/cartazes em autocarros das cidades de Lisboa, Porto e Coimbra e nos metropolitanos das duas maiores cidades do país. A campanha terá também apoios visuais de promoção em várias universidades e nos centros comerciais do Grupo Sonae Sierra, bem como nas redes sociais de todos os parceiros.

Esta campanha, que conta já com dez anos de existência, tem como objetivos principais sensibilizar a população portuguesa para as principais doenças que afetam a coluna vertebral e educar no sentido da prevenção de eventuais problemas. Pretende também alertar para o impacto das dores nas costas na vida pessoal e profissional de cada cidadão, esclarecer – sempre pela voz de um profissional de saúde – quais os possíveis tratamentos existentes e clarificar expressões e conceitos com que os cidadãos muitas vezes não estão familiarizados. Trata-se, assim, de uma campanha de interesse publico que visa fomentar a literacia em saúde em Portugal.

Leia Também

Paulo Macedo garante que “vacinação não é uma questão de modas”

Médicos aposentados que regressam ao SNS podem escapar aos cortes

Mensagem de efetividade da vacina antigripal deve ser reforçada

Recentes

Menu