Gerais
0

CIMF condena violência e instabilidade na América Latina

Em comunicado oficial

O Comité Executivo da Confederação Ibero-americana de Medicina de Família (CIMF), associação regional da Organização Mundial de Associações e Colégios de Medicina de Família (WONCA), emitiu um comunicado oficial no qual condena os atos de violência e intimidação que têm ocorrido em várias cidades sul-americanas, nomeadamente no Equador, Chile e Bolívia.

Aquele órgão dirigente da CIMF expressa no comunicado a “sua máxima solidariedade com os povos iberoamericanos que vem sofrendo nestes dias com a violência das armas e a destruição decorrente dos enfrentamentos. Particularmente queremos transmitir a mensagem de alento e respaldo a todo(a)s o(a)s profissionais e residentes de medicina de família e comunidade que em todos os países assumem com vigor o seu trabalho nestas condições, que lhes exige como profissionais e como cidadãos, pois sabemos que fazem seu melhor, ainda que repletos de dor e indignação”. Pode consultar na íntegra o comunicado
oficial da CIMF
.

Leia Também

Debate Dia Mundial MF 2022

Condições de trabalho, remuneração e contratação de MF têm de ser revistas

Presidente da APMGF analaisa contexto da MGF em Portugal

Presidente da APMGF analisa contexto atual da MGF no nosso país

Webinar Contratualização Diferido

Aceda ao webinar sobre a contratualização em diferido

Recentes

Menu