Gerais
0

Cerca de 1,2 milhões de portugueses com 65 ou mais anos já se vacinaram contra a gripe

Resultados do Vacinómetro revelam:

Os dados da segunda vaga do relatório Vacinómetro, que monitoriza a
vacinação contra a gripe em grupos prioritários, na época gripal
2019/2020, revelam que à data de 19 de novembro já se teriam
vacinado contra a gripe sazonal 58,4% dos indivíduos com 65 ou mais
anos (uma subida de 5,5% em comparação ao período homólogo do ano
passado), 52% dos indivíduos portadores de doença crónica (uma
subida de 11,3% em comparação ao período homólogo do ano
passado), 40,1% dos profissionais de saúde em contacto direto com
doentes (uma subida de 2,9% em comparação a período homólogo) e
27,8% dos portugueses com idades compreendidas entre os 60 e os 64
anos (subida de 4,8% em comparação com período homólogo). Ou
seja, todos os grupos avaliados estavam com coberturas vacinais acima
da época vacinal anterior (2018/2019).

Ao
todo, estima-se que se vacinaram contra a gripe 1.187.042 portugueses
com 65 ou mais anos. A estes juntam-se 179.889 cidadãos com idades
entre os 60 e os 64 anos.

Do
total da população estudada vacinada, que inclui maioritariamente
pessoas para as quais a vacinação é gratuita, 77% dos indivíduos
receberam a vacina gratuitamente no seu centro de saúde, 20%
adquiriu a vacina na farmácia e 3% foram vacinados no local de
trabalho.

Na
análise dos motivos que levaram à procura da vacinação, 71,1% dos
inquiridos referiu que se vacinou por recomendação do médico,
15,9% no contexto de uma iniciativa laboral, 9,7% por iniciativa
própria e com a intenção de ficar protegido e 1,9% porque sabem
que fazem parte de um grupo de risco para a gripe.

O
Vacinómetro é um projeto de monitorização da cobertura vacinal,
da responsabilidade da Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e da
Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), com o
apoio da Sanofi, desenvolvido pelo 11.º ano consecutivo. Nesta época
estão envolvidos na amostra do estudo 2203 participantes, residentes
em todo o território de Portugal Continental e Regiões Autónomas
dos Açores e Madeira.




Leia Também

Excelência científica recebeu o devido mérito

GEsPal e GRESP congregam esforços para oferecer workshop e mesa redonda indispensáveis

“O 19º Congresso Europeu da WONCA decorrerá num país importante para o desenvolvimento da MGF”

Recentes

Menu