Cuidados de Saúde PrimáriosFormação
0

Arquipélago dos Açores conta com mais 14 internos de MGF

O ano de 2020 trouxe à Região Autónoma dos Açores mais 14 internos em MGF, entronizados no internato da especialidade no passado dia 2 de janeiro. Dois farão a sua formação de especialidade na ilha de S. Jorge (um no Centro de Saúde de Velas e outro no Centro de Saúde da Calheta), um na ilha do Faial (Centro de Saúde da Horta), três na Ilha Terceira (dois no Centro de Saúde de Angra do Heroísmo e um no Centro de Saúde da Praia da Vitória) e oito na ilha de S. Miguel (um no Centro de Saúde de Nordeste, um no Centro de Saúde de Vila Franca do Campo, um no Centro de Saúde da Ribeira Grande e cinco no Centro de Saúde de Ponta Delgada). Todas estas unidades já haviam recebido no passado internos de MGF em formação.

A sessão de receção a estes jovens médicos foi concretizada através de vídeo-conferência, com todos os internos colocados na Região. “Encontrei um grupo muito satisfeito por ter iniciado a formação na especialidade de MGF, com boas expectativas e alguns dos internos são da Região Norte”, explica a coordenadora do internato de MGF nos Açores, Gabriela Amaral.

A mesma dirigente assegura que as condições, do ponto de vista administrativo, logístico e de recursos humanos poderiam ser melhores nos Açores, mas que tal não impedirá que o percurso formativo destes clínicos seja feito com sucesso: “condições ideais para proporcionar um internato de elevada qualidade com certeza não as teremos, mas teremos as suficientes para que tal aconteça, estou convicta disso”.

Leia Também

CSP dão contributo decisivo para o sucesso de Portugal no controlo da COVID-19

Apresente os seus trabalhos sobre a transformação digital da Saúde

USF du Bocage é prova de que reforma pode prosseguir em tempos de pandemia

Recentes

Menu