No Algarve escolhe-se cada vez mais a MGF em primeiro lugar

Os três agrupamentos de centros de saúde (ACeS) algarvios passaram a contar com mais 12 internos da especialidade a partir deste mês de janeiro, graças a duas admissões no ACeS Sotavento (uma na UCSP Mar – Tavira – e outra na USF Baesuris – Castro Marim), quatro no ACeS Barlavento (uma na UCSP Portimão e três na USF Descobrimentos – Lagoa) e seis no ACeS Central (uma na USF Âncora – Olhão – duas na USF Farol e duas na USF Ria Formosa – ambas em Faro – e uma na USF Albufeira).

Cada vez mais a Medicina Geral e Familiar constitui a primeira escolha dos internos da formação específica no Algarve. Para além de um grande orgulho, representa para nós um desafio e um estímulo para continuar a trabalhar na melhoria da formação”, afirmou-nos María Mora, coordenadora do internato de Medicina Geral e Familiar no Algarve.

Leia Também

Papa Francisco ouve médicos de família sobre a importância dos CSP e da Medicina Familiar

Prémio de Fotografia e Vídeo do Dia Mundial do MF atribuído a Daniela Pereira

No Dia Mundial do MF pede-se que as promessas de investimento nos CSP passem das palavras aos atos

Recentes