APMGF defende junto de Marta Temido a criação de novos figurinos de USF

Uma representação da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) – constituída pelo presidente da Direção Nacional Rui Nogueira e pela vogal da Direção e coordenadora do Departamento de Internos e Jovens Médicos de Família Ana Barata – esteve reunida com a ministra da saúde na manhã de hoje (11 de fevereiro), para dialogar sobre um conjunto de matérias essenciais para o desenvolvimento dos cuidados de saúde primários em Portugal e para as condições de trabalho dos médicos de família portugueses.
A reunião decorreu na sede do Ministério da Saúde, em Lisboa, com a APMGF a avançar com um memorando do qual faziam parte tópicos de discussão como a realização do 37º Encontro Nacional de MGF em Braga (para o qual a governante foi formalmente convidada), a evolução da reforma dos cuidados de saúde primários e a possibilidade de criação de unidades de saúde familiar (USF) em contextos diversos dos atuais (com unidades ponderadas e ajustadas ao contexto sociodemográfico), a ideia do lançamento em 2020 de um Novo Livro Azul da APMGF, dotado de princípios refundadores para a prestação de cuidados de proximidade e a preocupante situação de aumento da violência perpetrada contra os médicos de família no seu local de trabalho (bem como algumas medidas de segurança e policiamento sugeridas pela Associação).

A comitiva da APMGF abordou ainda a necessidade sentida pelos especialistas de MGF de algo ser feito para melhor planear e organizar os concursos de ingresso na carreira médica, que nos últimos anos se têm caracterizado pela morosidade, com claro prejuízo para os jovens médicos.

Por último, foi também analisada a estratégia projetada pela APMGF ao nível das relações internacionais, em particular no que respeita ao programa de formação especifica em exercício em Cabo Verde que tem vindo a ser preparado em colaboração pelo Ministério da Saúde de Cabo Verde, a Direção-Geral da Saúde e a Ordem dos Médicos Cabo-verdianos, assim como a participação associativa em grande fóruns externos da Medicina Familiar, de que são exemplo a 8ª Cimeira da Confederação Ibero-americana de Medicina Familiar (CIMF) em Porto Rico (agendada para abril deste ano) e a 25ª Conferência da WONCA Europa, a realizar em junho na cidade de Berlim.

Leia Também

Mais de 200 profissionais reúnem-se em Valença

APMGF lamenta a morte do colega Carlos Ripado

Ministra garante que férias de profissionais não estão em causa

Recentes

Menu