FormaçãoSNS
0

Escolas médicas devem encerrar temporariamente

O Conselho Nacional das Escolas Médicas decidiu hoje (9 de março) recomendar o encerramento, de modo temporário, das escolas médicas do país face à atual crise provocada pela epidemia do COVID-19. A suspensão alarga-se a todas as atividades letivas desenvolvidas em hospitais e centros de saúde.

A medida tenciona limitar contactos entre docentes e alunos, já que ambos os grupos apresentam um contacto regular com doentes em unidades de saúde e, eventualmente, com pessoas infetadas. Esta decisão surge após várias entidades do ensino superior já terem recomendado aos seus alunos um período de quarentena social, nomeadamente na região norte de Portugal.

Leia Também

Arquipélago dos Açores conta com mais 14 internos de MGF

Impacto da doença aterosclerótica em Portugal analisado no 37º ENMGF

Informação aos sócios

Recentes

Menu