Política de saúdeSNS
0

Mais 1800 médicos no SNS e dois milhões de máscaras para combater a COVID-19

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda, em breve deverão começar a contribuir para o combate à COVID-19 mais profissionais de saúde que não estavam integrados no Serviço Nacional de Saúde (SNS): “neste momento, temos mais de 1800 médicos disponíveis para reforçar o SNS na resposta à epidemia, mais de 1000 enfermeiros, entre outros profissionais de saúde, todos eles indispensáveis neste combate”.

O governante acrescentou ainda, durante a conferência de imprensa para a divulgação do boletim epidemiológico do dia de hoje (17 de março), que vão ser distribuídas “cerca de dois milhões de máscaras e à volta de 150 mil equipamentos de proteção individual, ao longo da semana”.

Leia Também

Greve avança com concentração em frente ao Ministério da Saúde

OCDE assegura que portugueses apreciam serviços nos CSP mas recomenda alargamento de horários

Escolas médicas devem encerrar temporariamente

Recentes

Menu