Política de saúdeSNS
0

Mais 1800 médicos no SNS e dois milhões de máscaras para combater a COVID-19

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda, em breve deverão começar a contribuir para o combate à COVID-19 mais profissionais de saúde que não estavam integrados no Serviço Nacional de Saúde (SNS): “neste momento, temos mais de 1800 médicos disponíveis para reforçar o SNS na resposta à epidemia, mais de 1000 enfermeiros, entre outros profissionais de saúde, todos eles indispensáveis neste combate”.

O governante acrescentou ainda, durante a conferência de imprensa para a divulgação do boletim epidemiológico do dia de hoje (17 de março), que vão ser distribuídas “cerca de dois milhões de máscaras e à volta de 150 mil equipamentos de proteção individual, ao longo da semana”.

Leia Também

Reforma dos CSP entrou num novo ciclo mas está longe da condição ideal

Portugueses reconhecem mais-valia dos profissionais do SNS

É essencial um reforço do acesso aos CSP para crianças e jovens

Recentes

Menu