FormaçãoSNS
0

Internos de MGF querem suspensão de estágios/formações hospitalares e regresso às unidades de colocação

Os internos de Medicina Geral e Familiar (MGF) pedem, em comunicado conjunto das Associações e Comissões de Internos de MGF de todo o país e face à “rápida evolução e disseminação da infeção causada pelo SARS-CoV2”, a “suspensão de todos os estágios e formações hospitalares”. As organizações representativas dos internos de MGF esclarecem que desejam “assegurar a qualidade do programa formativo, garantir a segurança dos profissionais e reduzir a probabilidade de os médicos internos serem veículos de transmissão entre os hospitais e as suas unidades”. Referem ainda que os internos “não poderão ser prejudicados nas suas avaliações, devendo oportunamente ser reavaliada, individualmente, a conclusão dos estágios e formações interrompidas”.

As comissões e associações que assinam esta posição conjunta defendem também que “os internos deverão regressar às suas unidades de colocação, estando disponíveis para trabalhar e colaborar no que for necessário dentro das normativas da Direção-Geral de Saúde (DGS) e planos de contingência de cada unidade. Enquanto uma das maiores forças de trabalho médico, é essencial que haja uma gestão eficiente e organizada destes recursos humanos, colocando-os em locais onde haverá maior necessidade de cuidados, contribuindo para a minimização do impacto desta pandemia em Portugal”.

Mais, os internos de MGF mostram-se “dentro das suas possibilidades, disponíveis para realizar as tarefas necessárias para ultrapassar esta fase de pandemia, nomeadamente na atividade assistencial nas suas Unidades de Saúde, apoio às Unidades de Saúde Pública, às Linha de Apoio ao Médico ou na prestação de apoio médico solicitado pelos hospitais, sempre que garantidas as condições de segurança e considerando que esta atividade se realizará fora do âmbito dos estágios do Internato Médico de Medicina Geral e Familiar”.

Leia Também

Trinta anos é um marco histórico – Jornadas de MGF de Évora

Presidente da APMGF critica atraso sistemático no concurso de colocação de recém-especialistas

Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças elogia intervenção precoce em Portugal

Recentes

Menu