Aposta no modelo on-line para reforçar o desenvolvimento dos cuidados paliativos em Portugal

A segunda edição das Jornadas do Grupo de Estudos em Cuidados Paliativos (GEsPal) da APMGF arranca hoje, 6 de outubro, com novas datas aprazadas para 8 e 10 deste mês. No programa estão englobadas três mesas de enorme relevância: «Cidades Compassivas», «Quando o isolamento é imposto: implicações no luto em Cuidados Paliativos» e «Esperança e Espiritualidade».

Tudo isto num modelo inteiramente on-line, justificado pela pandemia de COVID-19 mas que nem por isso deixa de encerrar oportunidades de partilha e esclarecimento, como assegura a coordenadora do GEsPal e membro da comissão científica das jornadas, Helena Beça: “estas 2ªs Jornadas são num formato diferente, mas com o mesmo objetivo, contribuir ainda que de forma modesta para a divulgação e o desenvolvimento dos cuidados paliativos em Portugal ao nível dos profissionais de saúde dos cuidados de saúde primários e dos cuidados paliativos e, ao mesmo tempo, alertar outros profissionais e a comunidade para a importância do acompanhamento adequado e justo dos doentes em fim de vida e das suas famílias”.

Helena Beça está convicta de que “as sessões serão muito interessantes e proveitosas, porque nelas participarão profissionais reconhecidos pela sua experiência, conhecimentos e desenvolvimento das suas áreas e porque abrem novos caminhos, novas estratégias e atitudes que visam prestar melhores cuidados às pessoas mais frágeis e vulneráveis”.

Leia Também

Mérito científico reconhecido no 20º ENIJMF

UEMO censura governo português e a sua tentativa de substituir MF por indiferenciados

20º ENIJMF encarou de frente os grandes desafios que se colocam aos jovens médicos

Recentes

Menu