Dia Nacional de Luta contra a Dor desperta consciências

Celebra-se hoje, 15 de outubro, o Dia Nacional de Luta contra a Dor, jornada que pretende sensibilizar profissionais do setor da saúde e a população em geral para a importância de não descurar este 5º sinal vital, que pode ser também em determinadas circunstâncias uma patologia em si mesma, quando revestido de cronicidade. “A dor crónica atinge 1 em cada 3 portugueses, o que a torna uma das patologias que mais incapacita para o trabalho, para a vida familiar e para o bem estar global de muitos dos nossos utentes”, assegura Raul Marques Pereira, médico de família na USF Lethes (onde coordena a consulta de dor crónica) e coordenador do Grupo de Estudos de Dor da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF).

O representante sublinha ainda a importância do Folheto com o Inventário Resumido de Dor disponibilizado nesta data pelo grupo de estudos, um instrumento de suporte à prática clínica que se pode revelar fundamental para qualquer especialista de Medicina Geral e Familiar (MGF): “no sentido de ajudar os médicos de família e para marcar o Dia Nacional de Luta contra a Dor, o Grupo de Estudos de Dor criou um folheto com uma das ferramentas mais importantes para a avaliação da Dor – o Inventário Resumido de Dor. Esperamos poder contribuir para fazer mais e melhor pela avaliação da dor, na linha do crescimento constante da Medicina Geral e Familiar”.

Aproveite e consulte o Folheto com o Inventário Resumido de Dor.

 

Leia Também

Debate Dia Mundial MF 2022

Condições de trabalho, remuneração e contratação de MF têm de ser revistas

Presidente da APMGF analaisa contexto da MGF em Portugal

Presidente da APMGF analisa contexto atual da MGF no nosso país

Webinar Contratualização Diferido

Aceda ao webinar sobre a contratualização em diferido

Recentes

Menu