O contexto subjacente à falta de MF claramente exposto na SIC Notícias

Num extenso e pormenorizado artigo, a SIC Notícias explica quais as principais razões para a falta de médicos de família em Portugal, com valiosos testemunhos do presidente do Colégio de Medicina Geral e Familiar (MGF) da Ordem dos Médicos – Paulo Santos – e do presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), Nuno Jacinto.

Entre os esclarecimentos dados a este órgão de comunicação social, Nuno Jacinto adiantou que os MF portugueses não querem a “Medicina Geral e Familiar que se pratica atualmente no SNS”, que gostam da profissão e da especialidade mas “não gostam da maneira como são tratados, não gostam da carga burocrática que existe, que os deixa insatisfeitos, os resgata e os revolta”.

 

Leia Também

Mudança nas Políticas de Saúde

APMGF defende que com ou sem Direção Executiva do SNS é inadiável uma mudança de fundo nas políticas de Saúde

Fernando Araújo escolhido como diretor executivo do SNS

Cristina Galvão – “Este doutoramento surge como um desafio que coloquei a mim mesma”

Recentes

Menu