AssociaçãoPolítica de saúde

Declaração dos Médicos de Família a favor da paz

Os Médicos de Família reunidos em Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar aprovam um voto de repúdio pela Guerra na Ucrânia, condenam a invasão pela Rússia e apoiam o povo Ucraniano e Russo vítimas da decisão irracional, ilegal e injustificável de iniciar uma guerra que ninguém ganhará e todos perderão. Em nome da humanidade e do direito à paz do povo ucraniano e russo, apelamos ao cessar fogo e à solução diplomática.

(Deliberação aprovada em Assembleia Geral de Sócios da APMGF a 31 de Março de 2022)

 

 

Leia Também

Grupo de Estudos de Medicina Centrada na Pessoa promove workshop que o ajudará a lidar com doentes difíceis

O Departamento de Investigação da APMGF promove mais uma reunião aberta no dia 21 de fevereiro!

O panorama internacional da MGF e a 25ª Conferência Mundial da WONCA exigem a sua atenção em Albufeira

Recentes