AssociaçãoPolítica de saúde

Declaração dos Médicos de Família a favor da paz

Os Médicos de Família reunidos em Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar aprovam um voto de repúdio pela Guerra na Ucrânia, condenam a invasão pela Rússia e apoiam o povo Ucraniano e Russo vítimas da decisão irracional, ilegal e injustificável de iniciar uma guerra que ninguém ganhará e todos perderão. Em nome da humanidade e do direito à paz do povo ucraniano e russo, apelamos ao cessar fogo e à solução diplomática.

(Deliberação aprovada em Assembleia Geral de Sócios da APMGF a 31 de Março de 2022)

 

 

Leia Também

Mudança nas Políticas de Saúde

APMGF defende que com ou sem Direção Executiva do SNS é inadiável uma mudança de fundo nas políticas de Saúde

Fernando Araújo escolhido como diretor executivo do SNS

OM quer que TC fiscalize norma do Orçamento de Estado que permite contratação de não especialistas

Recentes

Menu