Satisfação com a qualidade do 20º ENIJMF atinge os 80%

Como tem sido seu apanágio, a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), num esforço para ouvir todos com quem interage nos seus eventos e melhorar continuamente as ações de formação que organiza, promoveu um inquérito de satisfação aos participantes no último Encontro Nacional de Internos e Jovens Médicos de Família, realizado em Lisboa entre 29 de setembro e 1 de outubro. Dessa sondagem resulta uma inegável valorização positiva, com 80,6% dos inquiridos a considerar o nível global do congresso como bom ou muito bom.

Do mesmo modo, 81,8% das pessoas que responderam ao inquérito classificaram como bons ou muito bons os aspetos organizativos do congresso e 75% avaliaram como boa ou muito boa a adequação do programa científico. Um total de 77,3% interpretaram o nível das comunicações livres apresentadas como bom ou muito bom e mais de 80% dos respondentes indicaram ser boa ou muito boa a legibilidade do programa e livro de resumos.

Apesar do elevado grau de satisfação global, houve entre aqueles que participaram nesta consulta quem deixasse sugestões para aperfeiçoamento futuro, nomeadamente em áreas como uma maior agilidade no circular de informação para dinamizadores de workshops e autores de trabalhos científicos a apresentar, maior rigor no cumprimento de horários de sessões e de apresentações, a necessidade de reduzir o número de sessões em paralelo ou a importância de evitar o prolongamento até horas mais tardias de alguns períodos formativos.

 

Leia Também

José Augusto Simões obtém título académico de agregado na UBI

Pós-graduação «Governação em Saúde» da ENSP arranca no próximo mês de janeiro

Dois terços dos portugueses com recomendação para serem vacinados contra a gripe já terão sido imunizados

Recentes

Menu