Mia Couto irá encerrar o 40º Encontro Nacional de MGF!

O celebrado escritor moçambicano Mia Couto vai ser o convidado de honra e o palestrante de encerramento do 40º Encontro Nacional de Medicina Geral e Familiar, no dia 1 de abril de 2023. O autor de obras tão emblemáticas da literatura em português como «Terra Sonâmbula», «A Varanda do Frangipani», «O Último Voo do Flamingo» ou a trilogia «As Areias do Imperador», vem a Vilamoura a convite da APMGF e para além da apresentação de fecho do evento será também a figura de destaque de uma sessão presencial do Clube de Leitura APMGF, na tarde de sexta-feira, dia 31 de março, na qual se debaterá o seu livro “Veneno de Deus, Remédios do Diabo”. Publicado inicialmente em 2008, este romance conta a história de um jovem médico português (Sidónio Rosa), enamorado pela mulata Deolinda, que conheceu em Lisboa num congresso médico e que segue até à sua terra natal, Vila Cacimba, onde se depara com o peso da ausência da amada e a magia de outros habitantes peculiares.

Mia Couto, nascido em 1955 na cidade da Beira, para além de escritor (com provas dadas na poesia, romance, contos e crónicas), experimentou ao longo da vida mais vocações, como as de professor, biólogo e jornalista. Diga-se, aliás, que chegou a cursar Medicina na capital moçambicana, pelo que será interessante durante o evento conhecer a sua perspetiva sobre a atividade clínica e o papel dos médicos de família, bem como a visão pessoal sobre as relações entre a arte de cuidar e a arte de escrever e propor imaginários. Na atualidade um dos grandes nomes da literatura em língua portuguesa, Mia Couto tem sido aclamado por pares, leitores e academia, recebendo, entre outros, os prémios Virgílio Ferreira, União Latina de Literaturas Românicas, Eduardo Lourenço, Camões e Internacional Neustadt de Literatura.

 

Leia Também

Conhecer o contexto, fatores de risco e consequências do erro médico é a melhor estratégia para o mitigar

Papel do tapentadol na gestão da dor crónica será analisado em Vilamoura

Posição da APMGF sobre a justificação de ausências ao trabalho de muito curta duração por motivo de doença

Recentes

Menu