Inscrições no Curso «Nutrição e Alimentação em CSP» até 21 de abril

A Universidade do Porto, através da sua Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação (FCNAUP), vai desenvolver em parceria com a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) a segunda edição do Curso «Nutrição e Alimentação em Cuidados de Saúde Primários», que decorrerá de 3 de maio a 28 de junho de 2023, num regime misto (presencial e à distância/e-learning). As candidaturas decorrem até 21 de abril de 2023 e podem ser formalizadas através deste link, onde encontrará também mais informação sobre o curso. A propina tem um valor de 200€ (acresce pagamento do seguro escolar de 2 euros) e de 160€ para membros da entidade parceira do curso (neste caso, os sócios da APMGF). De referir ainda que serão atribuídas três bolsas de incentivo, de acordo com os critérios do Programa «Impulso Adultos» do Plano de Recuperação e Resiliência, para as quais são elegíveis todos os inscritos no curso. O prazo para candidaturas às bolsas de incentivo decorre entre 20 de fevereiro e 11 de abril de 2023. O processo de candidatura a bolsa é independente da candidatura ao curso e pode ser formalizado através deste formulário.

A formação em causa conta na coordenação científica com Nuno Borges, professor associado da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP) e destina-se nomeadamente a médicos, enfermeiros, nutricionistas e técnicos de diagnóstico e terapêutica. Pretende desenvolver conhecimentos, capacidades e competências na área da nutrição clínica, entre os quais saber aplicar os conhecimentos adquiridos em contexto de consulta relativamente à abordagem nutricional do doente com diferentes patologias, implementar no local de trabalho uma cultura de multi e interdisciplinaridade na avaliação e discussão da terapêutica nutricional, promover a alimentação saudável em contexto de consulta de Medicina Geral e Familiar ou conhecer, em detalhe, o impacto da alimentação e nutrição sobre as doenças metabólicas (obesidade, diabetes mellitus, hipertensão arterial, dislipidemia) e interpretar as guidelines de tratamento destas patologias.

 

Leia Também

Doentes sem médico de família ou agudos… responsabilidade social, trunfo formativo, porta aberta para o abuso?

Médicos de família empáticos… mas a exigir respeito

Encomende o seu exemplar do livro «O Médico de Família da Maria»

Recentes