No Alto Minho uma reflexão sobre o passado do SNS poderá dar dicas úteis para o futuro

Alcindo Maciel Barbosa, especialista em Saúde Pública com pós-graduação em Epidemiologia, professor do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto e professor afiliado do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, antigo diretor do Centro de Saúde de Ponte de Lima e ex-presidente do Conselho Diretivo da ARS do Norte, será o conferencista de abertura do 23º Encontro de MGF do Alto Minho, onde abordará o tema «SNS, passado o grande mestre do futuro».

De acordo com o conferencista, “a estratégia e os conceitos definidos há 52 anos (em 1971, ano em que foram criados os centros de saúde) mantêm-se atuais e podem contribuir para a atual e futura prestação de cuidados de saúde primários (CSP). Os cuidados de saúde são muito mais que cuidados médicos e a Saúde Familiar mais do que Medicina Familiar, tal como Saúde Infantil é mais do que Pediatria, ou Saúde Materna é mais do que Obstetrícia. A promoção da saúde, proteção da saúde e prevenção da doença têm de deixar de ser os parentes pobres de sempre da intervenção em saúde. Com trabalho em equipa, a equipa de saúde tem de ser progressivamente mais ampla e transdisciplinar. Sem os contributos de outros profissionais, hoje, os especialistas em MGF continuarão afogados em procura inefetiva, cara e desgastante. Hoje, uma equipa de saúde em CSP pode ter até 10 licenciaturas”.

Maciel Barbosa está igualmente convicto de que “a vulnerabilidade fisiológica e o acesso continuam a ser dos principais determinantes da saúde, só que agora a magnitude transfere-se para o idoso, o seu isolamento, as suas comorbilidades e dificuldades de locomoção. Devemos manter a militância de procurar as pessoas com problemas de saúde, até garantirmos a cobertura universal e o controle das mesmas”.

 

Leia Também

Papa Francisco ouve médicos de família sobre a importância dos CSP e da Medicina Familiar

Foi prolongado o prazo de candidaturas aos Prémios Hippokrates e Carosino 2024!

Prémio de Fotografia e Vídeo do Dia Mundial do MF atribuído a Daniela Pereira

Recentes