Mais de 370 mil portugueses com idade igual ou superior a 60 anos já terão sido vacinados contra a gripe

Os dados da primeira vaga do relatório Vacinómetro, que monitoriza a vacinação contra a gripe durante a época gripal através de questionários, revelam que já terão sido vacinados contra a gripe sazonal desde o início da época 2023/2024 13,1% dos indivíduos com 65 ou mais anos de idade. A sub-análise realizada ao grupo dos 80 ou mais anos de idade mostra que 16,9% dos inquiridos nesta faixa etária afirmam já ter recebido a vacina.

Um total de 11,9% dos indivíduos portadores de doença crónica já terão sido igualmente protegidos. O mesmo sucedendo com 7,5% dos portugueses com idades compreendidas entre os 60 e os 64 anos e 6,5% dos profissionais de saúde em contacto direto com doentes. Destaca-se ainda a cobertura vacinal de 43% das grávidas, sendo que 66,8% das grávidas que se imunizaram o fizeram por recomendação do médico.

Entre o grupo de indivíduos vacinados, na amostra total estudada, os principais motivos que levaram os cidadãos a vacinarem-se foram a recomendação do médico (em 47,1% dos casos), a iniciativa própria (26,3%), uma ação em contexto laboral (13,8%), a noção de que pertencem a um grupo de risco (8,6%) ou a recomendação do farmacêutico (1,6%).

“Apesar de estarmos numa fase inicial da campanha de vacinação anti-gripal, importa salientar que a população portuguesa mantém a confiança nas vacinas em geral e na da gripe em particular, o que se traduz nos números já alcançados. É possível observar uma tendência de significativa adesão à vacinação, sendo de destacar o papel desempenhado pelos médicos de família na recomendação da vacina anti-gripal. Assim, em linha com o sucedidos nos anteriores, é expectável que Portugal continue a atingir excelentes resultados nesta área”, garante Nuno Jacinto, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar

Pelo 15.º ano consecutivo a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) e a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF), com o apoio da Sanofi, desenvolvem o Vacinómetro. Lançado no ano de 2009, o Vacinómetro permite monitorizar em tempo real a taxa de cobertura da vacinação contra a gripe em grupos prioritários recomendados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

 

Leia Também

Comunicado APMGF

Comunicado – APMGF repudia reportagem da TVI que sugere falta de conhecimento dos médicos de família na área da Saúde Mental

CaminhASMA convida-o a organizar uma caminhada e um peddy-paper em maio para despertar consciências relativamente à melhoria dos cuidados na asma

Reunião online aberta “Conversas sobre Investigação”: discussão de projetos, esclarecimento das novas Bolsas AICIB CSP e muito mais!

Recentes