Encontro de Grupos de Estudos da APMGF é formato que merece continuidade e tem muita margem de progressão

No final da primeira edição do Encontro de Grupos de Estudos da APMGF, que reuniu perto de 200 participantes na Marinha Grande, ficou bem vincada a ideia de que este novo modelo de partilha de conhecimentos e experiências numa dinâmica multidisciplinar merece crescer no futuro e ser aperfeiçoado, deixando no entanto desde já excelentes indicações no que respeita à qualidade da ciência apresentada e das sessões e workshops promovidos por 12 grupos de estudos.

“Os grupos de estudos são as estruturas que, no fundo, dentro da APMGF mais sabem sobre cada temática, que conhecem as pessoas certas nos serviços de saúde e na academia e nos trazem a inovação, sempre com o sentido crítico do médico de família”, lembrou Paula Broeiro, vice-presidente da APMGF e membro da Comissão Cientifica e Organizadora do evento, que salientou também a vontade da Associação de “continuar a apostar” neste modelo formativo.

Já Ana Luís Pereira, da Comissão Coordenadora do Grupo de Estudos de Nutrição e Exercício Físico e do Grupo de Estudos em Saúde Digital, assinalou a pertinência desta primeira edição da iniciativa: “este evento foi muito importante para os diversos grupos de estudos, já que lhes possibilitou estruturar em sessões aquilo que habitualmente discutem nas suas reuniões, ter um espaço para debater aquilo que fazemos internamente. É um modelo que devemos manter e expandir no futuro. Seria bom termos mais pessoas presentes em próximas edições, até porque as sessões foram muitos boas e apresentaram grande qualidade científica e o Encontro ofereceu um programa abrangente, valioso para quem está no primeiro ano do internato da especialidade e precisa de aprender coisas muito técnicas, mas igualmente relevante para quem já é especialista e necessita de analisar a sua prática clínica ou discutir, por exemplo, a utilização de novas tecnologias na saúde”.

Para Manuel Rodrigues Pereira, membro da Comissão Coordenadora do Grupo de Estudos em Diabetologia e do Grupo de Estudos sobre Obesidade, “os três dias de trabalhos foram ótimos, muitos produtivos. A Associação conta com múltiplos grupos de estudos – um sinal da sua vitalidade – mas é importante dar-lhes oportunidades de divulgarem os seus projetos, investigações e materiais, algo que aconteceu nesta primeira versão do Encontro. Agora cabe-nos dar continuidade a este modelo, melhorando a organização, fazendo as coisas de forma mais atempada, para assegurar que este tipo de formação chega ao máximo número de colegas. Contamos, como é óbvio, ainda com o poder da palavra de todos quantos protagonizaram esta experiência, que acabará por facilitar que mais profissionais queiram vir a este Encontro daqui em diante, transformando-o (assim o espero) um dia no principal evento anual da APMGF”.

O encerramento do I Encontro de Grupo de Estudos da APMGF foi também o momento escolhido para Ana Viegas, do Grupo de Estudos de Saúde do Idoso (GESI), apresentar o «Guia Prático da Avaliação do Idoso na Consulta de Medicina Geral e Familiar», que já se encontra disponível para consulta no site da APMGF.

O evento terminou com a celebração da melhor produção científica apresentada na Marinha Grande, através da entrega de prémios às melhores comunicações orais. Aqui ficam as deliberações dos júris:

Relato de Prática e Revisão de Tema

«Projeto HEP-ØN: Uma abordagem compreensiva para reduzir as hepatites virais crónicas em Portugal»

Patrícia Peixoto Oliveira1, Patrícia Pita Ferreira2, Ana Rita Moreira3, Catarina Perna4, Daniela Louro3

1USF Rafael Bordalo Pinheiro, ACeS Oeste Norte, 2Unidade de Saúde Pública Zé Povinho, ACeS Oeste Norte, 3USF Tornada, ACeS Oeste Norte, 4USF Rainha D. Leonor, ACeS Oeste Norte

Relato de Caso

«A importância da aliança interprofissional no doente paliativo»

Ângela Cerqueira Amorim1

1USF Almonda – Torres Novas

Investigação e Melhoria Contínua da Qualidade

«Menopausa: perceções, conhecimentos e atitudes dos médicos internos e especialistas em Medicina Geral e Familiar»

Patrícia Peixoto Oliveira1, Rita Rodrigues Moreira2

1USF Rafael Bordalo Pinheiro, ACeS Oeste Norte, 2USF Tornada, ACeS Oeste Norte

 

Leia Também

Comunicado APMGF

Comunicado – APMGF repudia reportagem da TVI que sugere falta de conhecimento dos médicos de família na área da Saúde Mental

CaminhASMA convida-o a organizar uma caminhada e um peddy-paper em maio para despertar consciências relativamente à melhoria dos cuidados na asma

Reunião online aberta “Conversas sobre Investigação”: discussão de projetos, esclarecimento das novas Bolsas AICIB CSP e muito mais!

Recentes