24º Encontro de MGF do Alto Minho – prazo para submissão de trabalhos alargado até 14 de abril!

A Delegação Distrital de Viana do Castelo da APMGF vai realizar o 24º Encontro de MGF do Alto Minho no Centro Social e Cultural de Vila Praia de Âncora, entre os dias 28 e 29 de maio de 2024. O evento terá como lema «Médico de Família, o pilar na prestação de cuidados de saúde». Conheça o programa preliminar e inscreva-se aqui. Pode submeter as suas comunicações livres para apresentação no Encontro do Alto Minho através desta plataforma de submissão. O prazo limite para envio de resumos são as 23h59 do dia 14 de abril de 2024 (novo prazo alargado). Consulte ainda o Regulamento para Apresentação de Comunicações Livres.

Embora a Delegação de Viana do Castelo da APMGF já tenha realizado edições anteriores do Encontro de MGF do Alto Minho no concelho de Caminha, esta é a primeira vez que a iniciativa acontece em Vila Praia de Âncora. “A nossa expectativa é a de sermos muito bem acolhidos em Vila Praia de Âncora. A Câmara Municipal de Caminha vai colaborar connosco, como já o fez em outros anos, o espaço é agradável e adequado para os trabalhos a desenvolver. Para mais, a vila estará a viver por esses dias a fase final da «Vila Praia de Âncora em Flor», uma iniciativa que deixará o local muito bonito e florido”, lembra Sofia Azevedo, delegada distrital da APMGF em Viana do Castelo e membro da comissão organizadora do Encontro de MGF do Alto Minho.

Na abertura, Adriano Bordalo Sá (professor catedrático do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar – Porto) aborda as «Alterações Climáticas e a Saúde». De acordo com a delegada distrital da APMGF em Viana do Castelo, a escolha deste assunto surge do reconhecimento gradual por parte dos profissionais de que algo está a mudar nos fatores que influenciam a saúde das populações que servem: “todos nos apercebemos de que existem alterações naquilo que era a epidemiologia habitual, alterações essas que estão seguramente também associadas a transformações climáticas. Dito isto, parece-nos que não há ainda um despertar, por parte da comunidade em geral e da comunidade medica para tal problemática, que acaba por ter repercussões não apenas no estado de saúde das pessoas, mas em paralelo no planeamento dos cuidados a prestar”.

Outra transformação significativa que veio impactar a prestação de cuidados de saúde no Alto Minho é o aumento dos fluxos migratórios, fenómeno que estará na base de uma das mesas redondas mais cativantes do evento, segundo Sofia Azevedo: “esta é uma nova realidade que existe no Alto Minho. Apesar de estarmos numa região mais distante dos grandes centros urbanos, começa-se a sentir em alguns locais do Alto Minho um impacto grande que resulta do afluxo de imigrantes. Aliás, tradicionalmente o Alto Minho não tinha utentes a descoberto e, neste momento, temos já uma fatia significativa de utentes que não conseguindo obter acesso a um médico de família, por não terem a documentação regularizada, são inscritos como esporádicos. Estas são pessoas que precisam, apesar de tudo, de cuidados de saúde, como é óbvio. Nesta mesa vamos procurar discutir aspetos como a parte burocrática-administrativa, os direitos das pessoas de quem cuidamos e as implicações para a nossa prática clínica e para a dinâmica de trabalho nas unidades”.

A conferência de encerramento, proferida por Nuno Jacinto (presidente da APMGF) e intitulada «Médico de Família, o Pilar da Prestação dos Cuidados de Saúde» dá também o mote ao evento. “No entendimento da comissão organizadora, o Dr. Nuno Jacinto é a pessoa que melhor representa e tem defendido os cuidados primários e o seu papel no sistema de saúde nacional, motivo pelo qual surgiu este convite para encerrar o Encontro. É importante que todos os colegas possam ouvir as suas mensagens, numa etapa tão complicada para o SNS e em que é essencial repensar o lugar dos CSP no seu seio, com o correspondente investimento nos profissionais e nas condições de funcionamento das diversas unidades”, advoga Sofia Azevedo.

Leia Também

CaminhASMA convida-o a organizar uma caminhada e um peddy-paper em maio – Inscreva-se até 28 de abril (novo prazo)!

Garanta uma inscrição a preço reduzido para a 98ª Reunião da EGPRN

Comunicado APMGF

Comunicado – APMGF repudia reportagem da TVI que sugere falta de conhecimento dos médicos de família na área da Saúde Mental

Outros Eventos