Webinar «Tratar a Obesidade – Casos Clínicos no Dia-a-Dia» a 18 de março

A 18 de março irá ter lugar o webinar «Tratar a Obesidade – Casos Clínicos no Dia-a-Dia», integrado no ciclo de webinars APMGF para 2023 e desenvolvido pelo Grupo de Estudos sobre Obesidade (GEO) da Associação. Pode aceder aqui ao webinar. A data limite de inscrição são as 23h59 do dia 16 de março. Na dinamização deste webinar estarão Ana Correia de Oliveira (especialista em MGF da USF Cedofeita – ACES Porto Ocidental) e Luísa Sá (especialista em MGF da USF Nova Via – ACeS Espinho/Gaia).

A obesidade é uma doença crónica, sendo inclusive considerada pela OMS uma das pandemias do Século XXI. Constitui a segunda causa de morte evitável no mundo, tendo uma etiologia multifatorial. Em Portugal, cerca de 22,3% da população adulta apresenta obesidade (IAN-AF, 2015-2016). Embora muitas vezes a obesidade não faça parte da agenda do doente, este é, de facto, um problema incontornável que pode e deve constar da agenda do médico de família.

Um dos fatores essenciais no sucesso terapêutico é a determinação dos ganhos em saúde caso o doente perca peso e os riscos inerentes à manutenção da obesidade. A abordagem é multidimensional e deve basear-se na capacitação do doente e no reforço da literacia em saúde no contexto alimentar e de atividade física. Sempre que necessário, o médico de família deve ser capaz de utilizar outras armas terapêuticas disponíveis. Cada doente tem as suas características pelo que a estratégia e o tratamento devem ser escolhidos consoante as necessidades e as preferências deste, de modo a permitir uma melhor adesão terapêutica. Tal permite que o doente tenha uma participação ativa no seu tratamento e seja corresponsável pelo sucesso da perda de peso. Neste webinar, o GEO dinamizará uma sessão eminentemente prática, tendo por base a exposição de casos clínicos que são paradigmáticos da nossa prática clínica.

 

Leia Também

APMGF reitera junto da comunicação social que é um absurdo o governo desperdiçar MF interessados em ficar no SNS

Papel do tapentadol na gestão da dor crónica será analisado em Vilamoura

Conhecer o contexto, fatores de risco e consequências do erro médico é a melhor estratégia para o mitigar

Outros Eventos

Menu