27ª Conferência Europeia da WONCA (2022) – Experiência de Rita Pitta

A 27ª Conferência Europeia da WONCA 2022 decorreu em Londres. de 28 de junho a 1 de julho e contou com a participação 71 países, com uma comitiva de 150 portugueses. A cerimónia de abertura começou com o discurso do Dr. Steve Mowle e com a partilha pessoal da chegada de sua Mãe, de nacionalidade chinesa, a Inglaterra bem como de várias histórias pessoais enquadradas no espírito da Medicina Geral e Familiar. No dia 29 de junho iniciou-se oficialmente a partilha de conhecimentos, experiências e informação na forma de comunicações orais, divididas ao longo do dia em vários pisos e salas, 43 exibições, 11 simpósios e 604 pósteres.

Enquanto participante, tive a oportunidade de assistir a várias destas comunicações, nomeadamente Health Inequalities: 1 slide, 5 minutes onde foram apresentadas 13 sessões, em que duas foram realizadas por colegas portuguesas. Destaco Promotion of Integrated Mental Care – An Intervention project apresentada pela Dr.ª Catarina Neves dos Santos, com o intuito de criar um modelo de articulação rápido e eficiente entre os profissionais dos cuidados de saúde primários e os cuidados de saúde secundários na área da Saúde Mental. De referir, também, a apresentação da Dr.ª Marina Lima, com o tema A Guillan-Barré syndrome unravels a patient’s complex history onde, associado ao estigma social e cultural, a partilha de diagnóstico de patologia infeciosa do parceiro não foi relatada pela utente, afetando a sua qualidade de vida, destacando-se, assim, a importância de uma relação de confiança entre médico de família e utente. Apesar de não abordado na apresentação, realço os princípios éticos subjacentes a este caso e a exposição de dados clínicos de outro utente sem o seu consentimento.

Entre as restantes apresentações foram também explorados temas atuais da comunidade LGBTQ e da população migrante e as dificuldades que as mesmas apresentam no acesso aos cuidados de saúde, tanto pelo estigma social como pela abordagem de determinados rastreios (ex. rastreio do cancro colo do útero) na população transgénero.

Uma vez que a obesidade é, hoje em dia, um tópico de discussão mundial com novas abordagens terapêuticas em desenvolvimento, o tema foi abordado num simpósio, apadrinhado pela Medscape, e apresentado por especialistas da área, nomeadamente o Dr. Arya M. Sharma, o Dr. Sean Wharton e o Dr. John Wilding. Dos vários fármacos aprovados para a perda de peso, destaco os agonistas da GLP-1 que foram extensamente discutidos, nomeadamente o liraglutido e o semaglutido e, o mais recente, o tirzepatido que ainda se encontra em fase de estudos iniciais. Estes fármacos são administrados subcutaneamente, com diferentes posologias, sendo que o liraglutido é de toma diária e o semaglutido de toma semanal e a sua administração é recomendada de forma crónica para manutenção da perda ponderal. Realçou-se também a importância de adotar, concomitantemente, estilos de vida saudáveis com educação alimentar e prática de exercício físico regular. O efeito secundário dos fármacos mais frequentemente apresentado é a náusea, que tende a desaparecer com a continuação do tratamento. A 27ª Conferência WONCA 2022 terminou numa nota positiva para a comitiva portuguesa, com a atribuição da Bolsa WONCA Europe Scholarship à Dr.ª Margarida Gil Conde, Médica de Família na USF Jardins da Encarnação, Olivais.

A participação nesta conferência concedeu-me a oportunidade de conhecer diferentes realidades de atuação da Medicina Geral e Familiar, de me familiarizar com as identidades que a representam e dos desafios que ainda enfrenta atualmente. Por fim, e dada a implementação de medidas políticas no sentido de mobilizar médicos sem especialidade para a realização de consultas de Medicina Geral e Familiar, encontros e organizações internacionais como a WONCA são de extrema importância na divulgação do trabalho do Médico de Família na comunidade, bem como na consolidação da sua presença e influência no acesso dos utentes à saúde e à manutenção da mesma.

Rita Pitta (Médica Interna de MGF na USF Jardins da Encarnação)

 

Leia também outras notícias

Conversas Investigação APMGF

Seja parte da conversa sobre investigação no dia 14 de dezembro!

Contribua para o conhecimento sobre a formação curricular em cuidados paliativos no internato de MGF

Participe no debate «Orçamento do Estado e Desafios para a Saúde em 2023» no dia 12 de dezembro!

Menu